quarta-feira, 31 de Março de 2010

O nosso cônsul honorário em Munique

O governo desta vez agiu depressa:noticia-se que suspendeu o cônsul honorário de Portugal em Munique, um cidadão alemão.O homem terá arranjado um encontro de Durão Barroso, já 1º Ministro, «com um dos directores da empresa Ferrostaal», que vende submarinos, desmentindo assim a teoria escolar de que o difícil é sentá-los.Custa-me muito assistir a estas quebras de protocolo.Um primeiro-ministro de Portugal reunido com um qualquer director, mesmo de empresa tão cosmopolita, dá a dimensão do cônsul.Ou do primeiro-ministro Durão Barroso?

Gosto